Abraão e Seu Sacrifício

Anúncios:


1
Debaixo dumas mui formosas tamareiras,
Estando já Berseba na escuridão.
As aves escutando, entre as roseiras,
Se vê andar o patriarca Abraão.
Seu coração perante Deus está aflito,
Pois quer que O sirvamos sem murmuração;
E por amor pergunta ao Senhor bendito:
“O meu amado filho queres Tu, então?”

2
A voz de Jeová potente é ouvida:
“O teu Isaque oferece para Mim,
Embora fiques com tu’alma dolorida,
Pois te abençoo se fizeres tu assim”.
De abatido Abraão se torna forte
E Canta hinos, pois com fé medita já:
“Deus pode o meu filho libertar da morte!”
E não temendo, segue para Moriá.

3
Ao pé do monte do supremo sacrifício,
Profunda duvida entrou em Abraão:
“Irei perder da minha vida o beneficio?”
E triste começou subir com lentidão,
Pois ia dar, do coração a esperança
– No seu outono, sacrifício duma flor,&
Assim levou o seu cordeiro à matança,
Em obediência ao mandato do Senhor.

4
Isaque com a lenha, presto vai na frente,
Oh! Quanto é formoso para Abraão!
Mas eis que volta p’ra seu pai suavemente
E lhe dirige esta interrogação:
“O fogo e a lenha estou vendo que trouxemos,
Mas o cordeiro d’holocausto onde está?”
E a resposta de Abraão na Bíblia temos:
“Meu filho, Deus pra Si, Cordeiro proverá”
.
5
Chegando Abraão aonde Deus mandara,
Fez um altar e nele a lenha arrumou:
E a seu filho, que já dantes amarrara,
Tomando nos seus braços sobre o altar deitou,
Mas quando Abraão foi para imolá-lo,
O Anjo do Senhor bradou-lhe desde os céus:
“A tua mão, ó não estendas p’ra matá-lo;
Porquanto eu agora sei que temes Deus”.

6
Erguendo Abraão seus olhos de repente,
Vê um cordeiro, que no mato preso está,
E o tomando, oferece-o alegremente;
Assim “No monte do Senhor se proverá”.
A voz do Anjo é ouvida novamente;
“Diz o Senhor: Porque fizeste esta ação,
Deveras, Eu abençoarei a tua semente,
E nela, as nações benditas se farão”.

7
O nosso Isaque oferecemos com firmeza
No Moriá onde finda o ideal,
Pois foi ali que alcançaram fortaleza,
Os vencedores, sob canto angelical;
Ali, o nosso Deus jurou fidelidade,
Também os santos se encheram de valor,
E só teremos a perfeita santidade,
Depois que formos para o monte do Senhor.

Autor ou Tradutor: P.L.M Paulo Leivas Macalão
*** Pode ser que tenha outro co-autor

Anúncios:

24 comentários a “Abraão e Seu Sacrifício

  1. merane

    este hino é muito inspirado, fico emocionada em ouvi-lo, pois a história de Abraão é de muita fé, e acaba por ser um exemplo para nós que muitas vezes somos tão falhos

    Responder
  2. Ubirany

    Que hino maravilhoso! Com tantos anos congregando na Assembléia de Deus, eu nunca vi nenhum irmão cantar esse hino; nem mesmo os mais antigos! Não deixemos essa chama se apagar…

    Responder
  3. Jose Ferreira

    Hino maravilhoso, eternas saudades da irmã em crito Edith de Fernandes Tourinho-MG, senhora serva fiel de Deus, quem eu já ouvi cantando esse hino na congregação em 1995 e jamais esquecerei aquele dia, foi tão profundo que fora do alcance da explicação humana, até a letra memorizei naquele dia. Tudo para a glória de Deus!!

    Responder
  4. Jose Ferreira

    saudades da irmã em Cristo, Edith de Fernandes Tourinho-MG, quem eu ouvi cantando esse Hino na congregação e tocou tão profundo que fora do alcance da explicação humana, até a letra memorizei naquele dia e…olha que o hino é grande heim. Tudo para a glória de Deus!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *