Arquivo da Categoria: Aspiração pelo Céu

2 - Saudosa Lembrança

Anúncios:


1
Oh! que saudosa lembrança
Tenho de ti, ó Sião,
Terra que eu tanto amo,
Pois és do meu coração.
Eu para ti voarei,
Quando o Senhor meu voltar;
Pois Ele foi para o céu,
E breve vem me buscar.

Sim, eu porfiarei por essa terra de além;
E lá terminarei as muitas lutas de aquém;
Lá está meu bom Senhor, ao qual eu desejo ver;
Ele é tudo p’ra mim, e sem Ele não posso viver.

2
Bela, mui bela, é a esperança,
Dos que vigiam por ti,
Pois eles recebem força,
Que só se encontra ali;
Os que procuram chegar
Ao teu regaço, ó Sião,
Livres serão de pecar
E de toda a tentação.

3
Diz a Sagrada Escritura,
Que são formosos os pés
Daqueles que boas novas
Levam para os infiéis;
E, se tão belo é falar
Dessas grandezas, aqui,
Que não será o gozar
A graça que existe ali!

  Saudosa Lembrança (4,3 KiB, 26.021 hits)


Autor ou Tradutor: A.N Adriano Nobbre
*** Pode ser que tenha outro co-autor

Anúncios:

26 - A Formosa Jerusalém

Anúncios:

Música

Mid

1
Quão glorioso, cristão, é pensares
Na cidade que não tem igual,
Onde os muros são de puro jaspe.
E as ruas de ouro e cristal;
Pensa como será glorioso
Ver-se a triunfal multidão.
Que cantando, aguarda a chegada
Dos que vencem a tribulação.

2
Pensa como será glorioso
Ver o rio da vida e luz,
Cujas margens juncadas de lírios,
São a glória de nosso Jesus;
Haverá lá perpétua aurora,
Pois Deus mesmo a alumiará;
E o Cordeiro, com Sua esposa,
Noite e dia resplandecerá.

3
Pensa na celestial melodia
Que a terra encherá, de Beulá;
E das harpas a doce harmonia
Ao passar o Jordão se ouvirá.
Mesmo em dores que levam à morte,
Sê constante, não voltes atrás,
Tua herança, tua eterna sorte,
É Jesus, o Fiel, o Veraz.

4
Se é glorioso pensar nas grandezas,
Nos prazeres que acodem aqui,
Qual será desfrutar as riquezas
Que esperam os salvos, ali?
Os encantos do mundo não podem
Ofuscar essa glória dalém;
Não almejas viver, ó amigo,
Nessa formosa Jerusalém?

  A Formosa Jerusalém (1,4 KiB, 5.495 hits)


Autor ou Tradutor: E.C Emílio Conde
*** Pode ser que tenha outro co-autor

36 - O Exilado

Música

Playback

1
Da linda pátria estou bem longe;
Cansado estou;
Eu tenho de Jesus saudada,
Oh, quando é que eu vou?
Passarinhos, belas flores,
Querem m’encantar;
São vãos terrestres esplendores,
Mas contemplo o meu lar.

2
Jesus me deu a Sua promessa;
Me vem buscar;
Meu coração está com pressa,
Eu quero já voar.
Meus pecados foram muitos,
Mui culpado sou;
Porém, Seu sangue põe-me limpo;
Eu para pátria vou.

3
Qual filho de seu lar saudoso,
Eu quero ir;
Qual passarinho para o ninho,
Pra os braços Seus fugir;
É fiel – Sua vinda é certa,
Quando… Eu não sei.
Mas Ele manda estar alerta;
Do exílio voltarei.

4
Sua vinda aguardo eu cantando;
Meu lar no céu;
Seus passos hei de ouvir soando
Além do escuro véu.
Passarinhos, belas flores,
Querem m’encantar;
São vãos terrestres esplendores,
Mas contemplo o meu lar.

  O Exilado (2,0 KiB, 3.172 hits)


Autor ou Tradutor: J.H.N Justus H. Nelson
*** Pode ser que tenha outro co-autor

94 - Na Jerusalém de Deus


1
Quando a luta desta vida
Trabalhosa se findar,
O adeus a este mundo vamos dar;
Para o céu então iremos,
Com Jesus nos encontrar
Na Jerusalém de Deus.

Oh! que gozo e alegria,
Quando o povo ali chegar,
Em Jerusalém! Em Jerusalém!
Sempre ali cantando hosanas,
Pois o Rei no trono esta,
Na Jerusalém de Deus.

2
O caminho é extenso,
Mas Jesus vai me guiar,
Quando, pelas provações aqui passar;
Pois olhando nEle, eu sigo.
Para brevemente estar,
Na Jerusalém de Deus.

3
Ao sairmos deste mundo,
Para a divina! mansão,
Gozaremos a perfeita salvação;
E Jesus contemplaremos
A estender-nos Sua mão,
Na Jerusalém de Deus.

4
Quando, unidos com os salvos,
Lá na pátria do Senhor,
Contemplarmos a Jesus, o Salvador,
Sempre nos alegraremos
Onde há perfeito amor;
Na Jerusalém de Deus.

  Na Jerusalém de Deus (3,4 KiB, 1.718 hits)


Autor ou Tradutor: O.N Otto Nelson
*** Pode ser que tenha outro co-autor

118 - Face a Face


1
Na presença estar de Cristo,
Em Sua glória, que será;
Lá no céu, em pleno gozo,
Minha alma O verá.

Face a face, espero vê-Lo;
No além do céu de luz;
Face a face em plena glória,
Hei de ver o meu Jesus.

2
Oh! que glória será vê-Lo;
Que O possa eu mirar!
Eis, em breve, vem o dia;
Que Sua glória há de mostrar.

3
Quanto gozo há em Cristo,
Quando não houver mais dor,
Quando cessar o perigo,
E gozarmos pleno amor.

4
Face a face, quão glorioso
Há de ser o existir,
Vendo o rosto de quem veio,
Nossas almas redimir.

  Face a Face (2,3 KiB, 1.282 hits)


Autor ou Tradutor: J.T.L José T. De Lima
*** Pode ser que tenha outro co-autor