Arquivo da Categoria: Invocado

Ó vem, Senhor, e Habita

Anúncios:


1
Ó vem, Senhor, e habita no meu coração;
Dá-me a graça bendita por Tua compaixão.

Ó meu Deus vem dar-me
O dom do Consolador;
Vem hoje selar-me,
Enchendo-me do Teu amor!

2
Dia de paz e de gozo eu vou desfrutar,
Quando Jesus glorioso minh’alma batizar.

3
Do Teu amor puro e santo sempre falarei;
Mesmo com dor e com pranto a Cristo louvarei.

4
Ó Deus, Te peço agora, ouve-me Senhor
Batiza-me nesta hora, no Teu Consolador!

Autor ou Tradutor: P.L.M Paulo Leivas Macalão
*** Pode ser que tenha outro co-autor

Anúncios:

Teu Espírito Vem Derramar

Anúncios:


1
Ó Senhor, nós esperamos
Que escutes a oração;
Nós, Teus servos, já clamamos,
Com humilde coração.

Teu Espírito, vem, derrama,
Sobre cada coração!
E no crente, que a Ti clama,
Vem, confirma a petição.

2
Deixa o fogo do Espírito,
Sim, nos corações arder,
P’ra que tudo que é finito,
Jamais possa se reter.

3
Ó Senhor, me purifica,
Tira o mal que está em mim,
A minh’alma santifica,
E me guarda até o fim.

4
Dá-nos mais da Tua graça,
E enche-nos do Teu poder,
Do Teu templo, ó Deus, se faça
A Tua voz se perceber.

5
Dá-nos dons do Teu Espírito;
Faz milagres, ó Senhor,
Pra que tudo, que tens dito,
Cumpra-se, meu Redentor.

Dou-te graças, Rei da glória,
Pois ouviste a petição;
Belos hinos de vitória,
Mais Tu deste ao coração.

Autor ou Tradutor: S.N Samuel Nyström
*** Pode ser que tenha outro co-autor

Oração de Elias


1
Elias no Carmelo orou
Com insistência a Deus;
Curvado ao pó, com fé clamou
Por chuva lá dos céus.

Chuva, manda Senhor,
A chuva do Santo Consolador;
Manda chuva forte, Salvador:
Na Tua lgreja faz descer
A chuva de poder.

2
Vai, servo meu, do monte olhar
Se nuvens negras vêm;
Pois pode agora Deus mandar
A chuva a nós também.

3
Uma nuvem surge qual u’a mão,
No horizonte além,
Ao longe ouve-se um trovão:
Sim, muita chuva vem.

4
Ó crente frio, vai buscar
A Deus em oração,
E tua vida consagrar,
P’re receber a unção.

Autor ou Tradutor: P.L.M Paulo Leivas Macalão
*** Pode ser que tenha outro co-autor

Os Dons do Céu


1
Os dons do céu prometidos,
Pai esperamos aqui;
Em santo amor reunidos,
Nós suplicamos a Ti.

Manda, ó Senhor, chuvas dos céus;
Chuvas do Consolador,
Manda dos céus, ó bom Deus!
Manda, ó Senhor, chuvas dos céus,
Que nos dão sempre vigor;
Manda-nos lá, ó bom Deus!

2
Manda-nos chuvas constantes,
Chuvas do Consolador;
Chuvas, sim, mas abundantes,
Chuvas de vida e de amor!

3
O Teu poder esperamos,
O glorioso Senhor!
Dos altos céus aguardamos
Chuvas do Consolador!

4
Pai abençoa os crentes
Que sempre estão a buscar
A Tua face, tementes;
Chuvas, lhes queiras mandar.

Autor ou Tradutor: P.L.M Paulo Leivas Macalão
*** Pode ser que tenha outro co-autor

Senhor, Manda Teu Poder


1
Os fiéis oravam unidos
Num cenáculo ao Senhor,
Quando foi do céu descido
O real Consolador!

Senhor, manda já o Teu poder.
Senhor, manda já o Teu poder.
Senhor, manda já o Teu poder,
E batiza cada Um!

2
Qual um Vento veemente,
O poder a casa encheu;
Línguas vieram sobre os crentes,
Mas de fogo, lá do céu!

3
Noutras línguas, sim, falaram.
Como Cristo concedeu;
Do Espírito transbordaram,
Exaltando o Rei do céu!

4
O poder foi prometido
Para os servos do Senhor:
E p’ra todos concedido,
Se o pedirem com fervor!

Autor ou Tradutor: A.S Almeida Sobrinho
*** Pode ser que tenha outro co-autor