Arquivo da Categoria: –sem categoria–

Santo és Tu, Senhor

Anúncios:


1
Santo! Santo! Grande eterno Deus,
Com alegria nós Te louvamos.
Rei dos reis e Criador dos céus.
Humilhados Te adoramos;
Honra e glória em Ti miramos,
Pois foi rasgado, na cruz, o véu.

Santo para sempre és Tu, Senhor
Nas batalhas és vencedor!

2
Adorai-O terra, céu e mar;
Toda a Igreja, seus mensageiros,
Reunidos, vinde suplicar
Dons celestes, pois sois herdeiros
De Deus, e com Jesus coherdeiros
Da glória que jamais vai findar.

3
Rei doa séc’los, grande eterno Deus!
Tu és veraz e incompreensível,
Criador da terra e dos céus;
És o Ancião invisível,
Habitas na luz inacessível,
Lá morarão os remidos Teus.

  Santo és Tu, Senhor (2,7 KiB, 1.479 hits)

Anúncios:

Rasgou-se o Véu

Anúncios:


1
Rasgou-se o véu, franca ficou a entrada:
Confiança temos, para ali entrar,
Onde a divina glória revelada,
Outrora, não podíamos mirar;
Por Cristo, entrando, nada ali tememos;
A glória brilha, sem nos ofuscar;
Na luz estamos e permanecemos
Firmes, tranqüilos, sem mais vacilar.

2
Contigo ali, Senhor, nos encontramos,
Pois nos levaste já ao santo Pai,
Em cuja graça aceitos, sempre estamos,
Em cujo amor tão grande nos atrai
A Ti, ó Filho – em Ti, ó bem amado!
E só em Ti temos aceitação;
E quem, no sangue estando já lavado,
Isento está da eterna perdição.

3
Ó Deus, a Ti de coração louvamos,
Pois de Ti nos quiseste aproximar,
Quando separados de Ti ficamos,
Por Tua lei divina, violar,
Teus santos seguidores, consagrados,
No sangue do bendito Salvador,
O culto e adoração Te apresentamos,
Porque nos chamaste, ó bom Senhor!

  Rasgou-se o Véu (3,2 KiB, 1.507 hits)

O Bondoso Salvador


1
Meu bondoso Salvador
Meus pecados carregou;
Foi Jesus, o Redentor,
Que da morte me livrou.

Oh! Que Salvador eu tenho!
O Seu sangue me remiu,
Quando, sobre o rude lenho,
Meu castigo Ele cumpriu.

2
Oh! Que amor do meu Jesus,
Que em homem se encarnou,
Pra sofrer por mim, na cruz;
E meus crimes perdoou.

3 Não há outro nome igual
Ao bom nome de Jesus,
Porque livra-me do mal
E à glória me conduz.

4
Com Jesus, alegre, vou
Sua graça publicar,
Porque Ele me chamou
Na Sua vinha a trabalhar.

  O Bondoso Salvador (2,1 KiB, 1.383 hits)

A Armadura Cristã


1
Ao bom Combate vamos, repletos de amor,
Vestidos de justiça, ferventes no Senhor;
Co’os lombos bem cingidos de verdadeira luz,
Calçados do Evangelho do Salvador Jesus.

De Deus, a armadura – de Cristo, o valor,
irmão meu, segura – p’ra seres vencedor.

2
Da fé, o escudo, que pode vos salvar
Dos dardos inflamados, que vem vos atirar
O grande inimigo, o astuto tentador
Que sempre vos procura tragar, Com seu furor.

3
Entrai no bom combate, em nome do Senhor
Com zelo, com coragem, unidos em amor;
O inimigo, breve, assim, se vencerá,
E sob os pés nossos .Jesus nô-lo porá.

  A Armadura Cristã (3,0 KiB, 3.338 hits)

Cristo, Teu Santo Amor


1
Cristo, Teu Santo amor deste para mim
Nada pra Ti, Senhor, negarei aqui;
Me prostro em gratidão,
Cumpro com prontidão,
Me guia Tua mão, oh! me rendo a Ti.

2
Perante o trono estou, pede Tu, por mim,
Ao nosso Pai eu vou, só Jesus, por Ti;
A cruz hei de levar,
Teu nome proclamar,
Um hino a Deus cantar, sim, Jesus, por Ti.

3
Um coração de amor, quero, ó meu Jesus,
Ao Teu igual, Senhor, espalhando a luz;
A Ti eu vou servir,
O tempo redimir,
As almas conduzir, quero eu a Ti.

4
Tudo que tenho ou sou, é por Teu favor;
Alegre sempre vou, junto ali, Senhor;
Teu rosto, sim, verei,
Contigo eu estarei,
E sempre viverei, ia no céu por Ti!

  Cristo, Teu Santo Amor (1,6 KiB, 1.143 hits)